São Paulo Companhia de Dança

Uma marca em movimento

Design editorial

Identidade visual

Implementação

Posicionamento

A São Paulo Companhia de Dança é um corpo artístico da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, gerida pela Associação Pró-Dança. Realiza montagens de grandes peças clássicas e modernas, que vão desde trabalhos dos séculos XIX, XX e XXI, até obras contemporâneas especialmente criadas por coreógrafos nacionais e internacionais.

Em atividade desde 2008, a SPCD é reconhecida internacionalmente pela qualidade artística e técnica do seu trabalho, atuando em várias vertentes: Difusão e Circulação de Espetáculos, Programas Educativos e de Sensibilização de Plateia e uma área de Registro e Memória da Dança.

Sua marca, porém, foi ficando aquém da potência e relevância do trabalho da SPCD. Além disso, a falta de uma estratégia de marca definida dificultava a tomada de decisão e a consistência do seu trabalho como um todo. Por isso, a gente propôs contribuir com a SPCD, em caráter pro bono, para ajudá-los a fortalecer sua identidade e o reconhecimento do seu trabalho para o grande público.

Para isso, entrevistamos membros do conselho e da diretoria da Companhia para criar uma estratégia de marca coerente com o aspecto multifacetado e inventivo da SPCD. Este trabalho foi acompanhado de uma revisão da identidade visual, que trouxe mais leveza e versatilidade para a sua comunicação, além de uma paleta de cores aberta e elementos visuais sutis, que equilibram o destaque dado aos espetáculos com a presença da marca na sua comunicação.

Com uma expressão atualizada e uma estratégia bem elaborada, a São Paulo Companhia de Dança pode interagir de forma mais expressiva com seus diversos públicos, dialogando com várias linguagens, se mesclando a contextos múltiplos, mostrando que a dança pode e deve permear a realidade de todos e todas.

“A troca de ideias com a Monq para a revisão da identidade visual da São Paulo Companhia de Dança proporcionou reflexões importantes sobre nosso posicionamento no universo cultural da dança, indicando direções decisivas para trabalharmos a marca da Companhia com mais assertividade em busca de um maior engajamento das pessoas.”

Inês Bogéa, Diretora Executiva e Artística SPCD

Fotos:
Charles Lima, Édouard Lock, Fernanda Kirmayr, João Caldas, Rodolfo Dias Paes, Silvia Machado e Wilian Aguiar